Tuesday, September 12, 2006

Hamburgo x Arsenal

Páreo duro logo de cara

O Hamburgo terá uma missão difícil logo na primeira rodada da Liga dos Campeões da Uefa. A equipe enfrenta o Arsenal (ING), que foi vice-campeão do ano passado, nesta quarta-feira, às 15h45 (horário de Brasília), no estádio AOL Arena, em Hamurgo.

O técnico Thomas Doll sabe que caiu em um grupo complicado, que ainda conta com o CSKA (RUS) e o Porto (POR), e quer começar o torneio com um bom resultado frente a equipe inglesa.

Para a partida o treinador deverá contar com todos os seus atletas, mas não confirmou ainda o provável time que entrará em campo. Suas principais armas são o atacante marfinense Sanogo, o meia holandês Van der Vaart e o iraniano Mahdavikia.

Já o Arsenal tem uma grande baixa para o duelo. Trata-se do atacante francês Thierry Henry, que sofreu uma leve lesão no pé durante o treino de ontem e foi vetado pelo departamento médico. Com isso o técnico Arsene Wenger deverá escalar a dupla Van Persie e Adebayor. Outro que esta nos planos de Wenger é o lateral William Gallas, recém contratado junto ao Chelsea.

As duas equipes nunca se enfrentaram na Liga dos Campeões da Uefa.

Hamburgo: Kirschstein; Mahdavikia, Reinhardt, Mathijsen, Benjamin; De Jong, Jarolim, Wicky, Van der Vaart; Lauth, Sanogo

Arsenal: Lehmann; Eboue, Toure, Djourou, Gallas; Hleb, Fabregas, Gilberto Silva, Ljungberg; Van Persie, Adebayor

Werder Bremen cai diante poderoso Chelsea



O Werder Bremen não suportou a pressão de jogar contra a toda e poderosa equipe do Chelsea, e acabou perdendo por 2 a 0, nesta terça-feira, no estádio Stamford Bridge, em Londres.

A equipe do técnico português José Mourinho estava em uma tarde inspirada, principalmente o quarteto, formado por Ballack (foto), Lampard, Drogba e Shevchenko.

Os ingleses abriram o placar aos 24 minutos do primeiro tempo. O zagueiro finlândes Pasanen bobeou e a bola sobrou para o ganês Essien, que da entrada da área não deu nenhuma chance para o goleiro Andreas Reinke.

O segundo gol saiu aos 23 minutos da etapa final. O atacante Didier Drogba foi derrubado na área por Clemens Fritz. Ballack bateu bem e deu números finais a partida.

O fato curioso é que Michael Ballack não é o cobrador de penâlti oficial do Chelsea. Quem costuma executar as penalidades é o meia Lampard. Porém o jogador desperdiçou uma cobrança na última partida do Campeonato Inglês, contra o Charlton, e não se sentiu a vontade para bater o penâlti.

Com o resultado positivo o Chelsea fica na segunda colocação, atrás do Barcelona, que goleou o Levski Sofia (BUL) por 5 a 0. Os dois times têm três pontos, mas o Barça leva vantagem no saldo de gols diante o clube inglês.

Bayern estréia com goleada


O Bayern de Munique iniciou bem sua caminhada na Liga dos Campeões da Uefa, goleando o Spartak Moscow por 4 a 0, nesta terça-feira, no estádio Allianz Arena, em Munique.

A equipe alemã encontrou muitas dificuldades no primeiro tempo e não conseguiu furar a defesa russa. Porém na segunda etapa o Bayern voltou mais insinuante e conseguiu abrir o marcador logo aos três minutos com o peruano Pizarro.

O gol abalou o Spartak que se perdeu em campo. Aos seis minutos o time germânico fez o segundo, através do paraguaio Roque Santa Cruz. O meia Schweinsteiger aos 26 e Salihamidzic aos 39 completaram a goleada a favor do Bayern de Munique.

Com a vitória o Bayern lidera o grupo B, ao lado do Sporting (POR), que venceu o Internazionale (ITA) por 1 a 0. Ambas as equipes somam três pontos, mas o clube alemão leva vantagem no saldo de gols.

Monday, September 11, 2006

Bayern de Munique x Spartak Moscow

Vencer ou vencer

O Bayern de Munique irá fazer amanhã a sua estréia na Liga dos Campeões da Uefa, contra o Spartak Moscow (RUS), no Allianz Arena, em Munique, às 15h45 (horário de Brasília).

O clube alemão tem vantagem absoluta no confronto contra a equipe russa. Em seis jogos disputados na história, o Bayern venceu quatro e empatou as outras duas.

Para a partida de amanhã, o técnico Felix Magath deverá colocar uma equipe bem ofensiva, já que o treinador entende que as partidas disputadas em casa tem de ter cem por cento de aproveitamento.

A grande esperança de gols do time germânico é a dupla Podolski e Makaay, os dois atletas já estão confirmados na equipe titular. O atacante paraguaio Roque Santa Cruz, que vinha atuando no time titular, irá começar no banco de reservas, já que não vem agradando Magath e também a própria torcida.

Outro fator positivo para os alemães será a estréia do holandês Van Bommel. O jogador vem para cobrir a lacuna deixada pelo meia Michael Ballack, que transferiu-se para o Chelsea (ING).

Já o Spartak Moscow irá para a partida tentando um milagre. O técnico Vladimir Fedotov já revelou que sua equipe jogará fechada, e se conseguir um empate já estará completamante satisfeito.

Na equipe russa atuam dois brasileiros, o meia Mozart (ex-Flamengo e Coritiba) e o desconhecido zagueiro Geder, ambos já estão confirmados pelo treinador russo.

Bayern: Kahn; Sagnol, Lucio, Van Buyten, Lahm; Salihamidzic, Van Bommel, Hargreaves, Schweinsteiger; Makaay, Podolski

Spartak Moscow: Kowalewski; Jiranek, Geder, Stranzl, Rodríguez; Bystrow, Kovac, Titow, Mozart, Kowaltschuk; Pawljutschenko

Chelsea x Werder Bremen

Empate é bom negócio

O Werder Bremen começa amanhã sua caminhada no torneio mais importante do mundo, a Liga dos Campeões da Uefa. Os alemães enfrentam a poderosa equipe do Chelsea (ING), em pleno estádio Stamford Bridge, às 15h45 (horário de Brasília).

A equipe do técnico Thomas Schaaf caiu em grupo muito difícil, que além do forte Chelsea (ING), conta ainda com o Barcelona (ESP), que tenta defender o título conquistado na temporada passada e o Levski Sofia (BUL), que deverá ser o saco de pancadas da chave.

Na partida de amanhã o Werder Bremen sabe que será muito complicado conseguir uma vitória, já que o clube inglês é um dos favoritos ao título, caso conquiste um empate já será um bom negócio.

Para o duelo, Thomas Schaaf poderá contar com que há de melhor no elenco. Porém o treinador tem uma dúvida no setor de ataque, e não revelou quem entra como titular, entre o português Hugo Almeida e o croata Ivan Klasnic.

Já pelos lados do Chelsea, o técnico português José Mourinho, deverá manter a equipe que bateu o Charlton, no último sábado, pela Premier Legue. A única dúvida de Mourinho é em relação a lateral esquerda, Bridge e o recém contratado Ashley Cole brigam pela vaga.

Esse confronto entre Werder Bremen e Chelsea é inédito no futebol. Já que as duas equipes jamais se enfrentaram em nenhuma competição.

Chelsea: Cech; Boulahrouz, Carvalho, Terry, Bridge (Cole); Essien, Ballack, Lampard, Wright-Phillips; Shevchenko, Drogba.

Werder Bremen: Reinke; Pasanen, Fritz, Naldo, Womé; Baumann, Frings, Borowski, Diego; Klose, Hugo Almeida (Klasnic).

Sunday, September 10, 2006

Copa da Alemanha: resultados deste domingo

SSVg. Velbert 0 x 3 SpVgg Unterhaching

SV Rossbach 1 x 4 Borussia Mönchengladbach

Rot-Weiß Ahlen 1 x 2 MSV Duisburg

SV Babelsberg 03 2 x 1 Hansa Rostock

Carl Zeiss Jena 1 x 2 1. FC Köln

VfB Lübeck 1 x 0 TSV 1860 München

FC Bremerhaven 1 x 3 VfL Wolfsburg

1. FC Saarbrücken 1 x 0 Mainz 05

Chemnitzer FC 0 x 2 Alemannia Aachen

SV Darmstadt 98 0 x 1 Hertha Berlim

SC Pfullendorf 2 x 1 Arminia Bielefeld

Saturday, September 09, 2006

Copa da Alemanha: resultados deste sábado

SC Westfalia Herne 1 x 2 Erzgebirge

AueFC Magdeburg 1 x 1 SC Paderborn (6-7)

SpVgg Bayreuth 0 x 2 Kickers Offenbach

Tennis Borussia Berlin 1 x 3 Karlsruher SC

Dynamo Dresden 2 x 3 Hannover

Delbrücker SC 2 x 4 SC Freiburg

Hansa Rostock II 1 x 9 Schalke

TSG Thannhausen 0 x 3 Borussia Dortmund

FK Pirmasens 1 x 1 Werder Bremen (4-2)

BV Cloppenburg 0 x 1 Nürnberg

1. FC Gera 03 0 x 2 1. FC Kaiserslautern

Rot-Weiss Essen 1 x 0 Energie Cottbus

Stuttgarter Kickers 4 x 3 Hamburgo

TuS Koblenz 2 x 2 Bayer Leverkusen (1-3)

FC Augsburg 3 x 4 Wacker Burghausen

Alemannia Aachen II 0 x 4 Stuttgart

Spfr. Siegen 0 x 2 Eintracht Frankfurt

FC 08 Homburg 1 x 2 VfL BochumFC

St. Pauli 1 x 2 Bayern München

Os resultados em destaque foram os que tiveram cobertura especial no Blog do Futebol Alemão.

No sufoco Bayern avança



Foi no sufoco! Assim o Bayern de Munique conquistou a vaga para a próxima fase da Copa da Alemanha, ao bater o St. Pauli por 2 a 1, na prorrogação.

O técnico do Bayern, Feliz Magath resolveu não colocar em campo sua força máxima, deixando no bancos de reservas dois importantes jogadores, Lukas Podolski e Bastian Schweinsteiger.

Sem os dois, o Bayern sofreu muito, e o St. Pauli foi desperdiçando uma chance atrás da outra. O grande nome do primeiro tempo foi o goleiro Rensing, que evitou por diversas vezes o gol do St.Pauli. Porém aos 31 minutos da primeira etapa, Rensing não teve chances, e Schultz abriu o placar para o time da casa.

No segundo tempo, Magath fez duas alterações, colocando em campo Podolski no lugar do holandês Makaay, e Schweinsteiger no lugar do argentino Demichellis.

Logo no primeiro minuto da segunda etapa, Sagnol fez cruzamento na área, e Podolski que não havia tocado na bola ainda, desviou com categoria para as redes do goleiro Borger. A partida ficou equilibrada até o final do tempo regulamentar, com os dois goleiros fazendo boas defesas.

O jogo foi então para a prorrogação, e logo aos dois minutos o zagueiro brasileiro Lúcio (foto) foi expulso, deixando o Bayern com dez homens em campo. Com um jogador a mais e com a torcida a favor, o St.Pauli parecia dono da vaga para a próxima fase. Parecia. Aos 15 minutos do tempo extra, o lateral Phillip Lahm foi na linha de fundo e cruzou, o goleiro Borger, até então impecável no jogo, tentou espalmar para escanteio e acabou colocando a bola para dentro, 2 a 1 Bayern.

No segundo tempo da prorrogação o St.Pauli abalado com o erro do goleiro, não conseguiu ter impêto para atacar e acabou sendo eliminado de forma dramática.

Adeus: Hamburgo e Werder Bremen eliminados

Duas grandes equipes, cotadas até para conquistar o título da Copa da Alemanha, foi assim que Hamburgo e Werder Bremen entraram para a disputa da competição. Porém os dois clubes frustraram seus torcedores e acabaram sendo eliminados do torneio logo na primeira rodada.

Bye- bye Hamburgo

O Hamburgo estava conquistando a vaga para a próxima fase até os 44 minutos do segundo tempo, quando vencia o Stuttgarter Kickers por 3 a 2. Sanogo, Ljuboja e Demel marcaram para o Hamburgo, enquanto Yildiz e Okpala haviam assinalado para os Kickers. Mas aos 45, o turco Yildiz voltou a marcar mais um gol, levando a partida para a prorrogação. Com o gol salvador, a torcida do Stuttgarter foi a loucura e não parou de incentivar sua equipe.

Na prorrogação, os Kickers, empolgados com sua torcida foram pra cima do Hamburgo e aos seis minutos do tempo extra, Okpala balançou as redes do goleiro Kirschstein, para delírio dos torcedores. Após o gol, o Hamburgo tentou empatar, porém não conseguiu furar o bom esquema defensivo do Stuttgarter e acabou dando adeus à competição.

Penâltis é competência Bremen

O técnico do Werder Bremen Tomas Schaaf resolveu mandar uma equipe modificada, da que vem atuando no Campenato Alemão. Os meias Borowski e Frings não foram relacionados para a partida diante o FK Pirmasens, já que o treinador preferiu poupá-los.

Sem os dois atletas o Werder Bremen sentiu muitas dificuldades no setor de meio-campo, não conseguindo muitas jogadas ofensivas e tendo problemas de marcação. Com isso o Pirmasens foi gostando do jogo, e com o apoio da torcida conseguiu abrir o placar aos 19 minutos do segundo tempo, gol marcado por Zellner.

Em desvantagem no marcador o Werder partiu para o abafa, e quando parecia que já estava eliminado conseguiu o empate. Aos 38 minutos, o atacante croata Ivan Klasnic, que entrou no lugar de Zidan, fez o gol salvador que levou o jogo para a prorrogação.

No tempo extra as duas equipes ficaram preocupadas em não levar gols, com isso o placar não foi modificado e a decisão foi para os penâltis.

Nas penalidades o Pirmasens teve mais competência e venceu por 4 a 2. Ivan Klasnic e Hugo Almeida desperdiçaram as sua cobranças pelo Werder Bremen.

Schalke 04 atropela pela Copa da Alemanha




O Schalke 04 não tomou conhecimento do Hansa Rostock II e goleou por 9 a 1. Isso mesmo, não é erro de digitação, foram nove gols marcados pela equipe dos brasileiros Lincoln, Bordon e Kuranyi.

Mesmo jogando contra um adversário inexpressivo, o técnico Slamka não quis saber de colocar uma equipe reserva e escalou o que tinha de melhor, com isso o Schalke não deu nenhuma chance para seu adversário.

O grande destaque do jogo foi o atacante, meio brasileiro, meio alemão, Kevin Kuranyi (foto). Mesmo atuando só na primeira etapa, o centroavante marcou dois gols. Completaram a goleada Lincoln (2), Asamoah (2), Bordon, Altintop e Varela, Franke descontou para o Hansa.

Friday, September 08, 2006

Osnabrück e Fürth vencem pela Copa da Alemanha

Duas partidas foram realizadas nesta última sexta-feira, na estréia da Copa da Alemanha, temporada 2006/07.

A equipe do Osnabrück, contando com o apoio de sua torcida acabou batendo o Braunschweig pelo placar de 3 a 1.

Já o SV Sandhausen, mesmo jogando em casa, não conseguiu passar pela boa equipe do Greuther Fürth, perdendo por 2 a 0. O destaque negativo da partida foi o zagueiro Beisel do Sandhausen que acabou marcando um gol contra.

Hannover acerta com Hecking

O Hannover acertou nesta última sexta-feira a contratação do técnico Dieter Hecking, que estava no comando do Alemannia Aachen.

Hecking vem em substituição ao antigo treinador da equipe, Peter Neururer, que foi demitido no último dia 30 de agosto, por causa do má começo de temporada do Hannover. Em três partidas, foram três derrotas, para Werder Bremen, Hertha Berlin e Alemannia Aachen.

Dieter Hecking treinava o Aachen desde 2004, e era tido com um dos grandes responsáveis pelo acesso da equipe, após 36 anos. O valor da negociação não foi revelada, porém a imprensa alemã especula que o Hannover desembolsou um alto preço pela transferência.

O primeiro compromisso de Hecking a frente do novo clube será nesse próximo sábado, quando o Hannover irá até Dresden enfrentar o Dynamo, pela Copa da Alemanha.

Copa da Alemanha terá início nesta sexta-feira

A Copa da Alemanha 2006/07 terá início nesta sexta-feira com a participação de 32 equipes. O torneio reúne times da primeira divisão e vai até clubes desconhecidos, que disputam torneios locais.

O grande favorito para conquistar a competição é o Bayern de Munique, maior ganhador do campeonato com 20 títulos, e que estréia no próximo sábado contra o St. Pauli.

Inclusive St. Pauli e Bayern fizeram uma das semifinais da última temporada, quando os bávaros acabaram mostrando toda a sua supremacia e venceram por 3 a 0.

Outra equipe cotada para levantar o caneco é o Werder Bremen. O clube se reforçou muito para essa temporada trazendo o meia brasileiro Diego, o português Hugo Almeida e o zagueiro da seleção alemã Per Mertesacker.

Além disso o Bremen conseguiu manter a base, com os bons Tim Borowski, Torsten Frings, Ivan Klasnic e o goleador Miroslav Klose. O último teve várias propostas de clubes europeus depois de ser o artilheiro da Copa do Mundo, porém o Werder Bremen cobriu todas as ofertas garantindo o matador para essa temporada.

Confira abaixo os confrontos da primeira rodada da Copa da Alemanha:

Sexta-feira (08/09)

SV Sandhausen x SpVgg Greuther Fürth

VfL Osnabrück x Eintracht Braunschweig

Sábado (09/09)

SC Westfalia Herne x Erzgebirge Aue

FC Magdeburg x SC Paderborn

SpVgg Bayreuth x Kickers Offenbach

Tennis Borussia Berlin x Karlsruher SC

Dynamo Dresden x Hannover

Delbrücker SC x SC Freiburg

Hansa Rostock II x Schalke

TSG Thannhausen x Borussia Dortmund

FK Pirmasens x Werder Bremen

BV Cloppenburg x Nürnberg

1. FC Gera 03 x 1. FC Kaiserslautern

Rot-Weiss Essen x Energie Cottbus

Stuttgarter Kickers x Hamburgo

TuS Koblenz x Bayer Leverkusen

FC Augsburg x Wacker Burghausen

Alemannia Aachen II x Stuttgart

Spfr. Siegen x Eintracht Frankfurt

FC 08 Homburg x VfL Bochum

FC St. Pauli x Bayern München

Domingo (10/09)

SSVg. Velbert x SpVgg Unterhaching

SV Rossbach x Borussia Mönchengladbach

Rot-Weiß Ahlen x MSV Duisburg

SV Babelsberg 03 x Hansa Rostock

Carl Zeiss Jena x 1. FC Köln

VfB Lübeck x TSV 1860 München

FC Bremerhaven x VfL Wolfsburg

1. FC Saarbrücken x Mainz 05

Chemnitzer FC x Alemannia Aachen

SV Darmstadt 98 x Hertha Berlim

SC Pfullendorf x Arminia Bielefeld

Thursday, September 07, 2006

Treinador cem por cento



Após o término da Copa do Mundo e a boa participação da seleção alemã sob o comando de Jurgen Klinsmann, ficou uma grande dúvida no ar. Quem seria o novo técnico da Alemanha?

Klinsmann já havia abandonado o selecionado, para se dedicar mais a família, e a Federação Alemã não cogitava nenhum nome, até que foi anunciado que o assistente de Klinsmann, Joachim Löw seria o mais novo treinador da seleção germânica.

O novo comandante manteve a base para a disputa das Eliminatórias para a Eurocopa 2008 e vem colhendo os frutos, com bons resultados.

Em três jogos a frente da seleção, Joachim Löw continua imbatível, vencendo todas as partidas. A mais convincente foi em sua estréia, quando a Alemanha acabou batendo a Suécia por 3 a 0.

Houveram algumas mudanças da equipe de Klinsmann para a de Löw. A dupla de zaga titular, Metzelder e Mertesacker não vem atuando devido contusões de ambos atletas. Com isso Arne Friedrich foi deslocado da lateral direita para a quarta zaga, e ao seu lado vem jogando Manuel Friedrich.

Já o lateral Philipp Lahm, que na Copa do Mundo jogou pela esquerda, e foi um dos destaques da equipe, agora esta em sua posição de origem a ala direita. Pelo setor esquerdo, outra promessa do futebol alemão vem fazendo boas partidas, o jovem Marcell Jansen, de apenas 20 anos. que atua no Borussia Mönchengladbach.

O treinador alemão quer continuar com a boa fase e terá como o próximo adversário a Eslováquia, no dia 10 de outubro, fora de casa, partida válida pelas Eliminatórias da Euro.

Defesa intransponível


Se tem um setor que todos achavam que iria dar dor de cabeça ao ex-assistente e agora treinador da seleção alemã Joachim Löw, é o setor defensivo.

Com as contusões da dupla titular de zaga Per Mertesacker e Christoph Metzelder, e com a má safra de zagueiros no futebol alemão, o setor gerou dúvidas na imprensa do país.

Porém o comandante germânico parece ter resolvido a situação. Primeiro convocou o inexperiente, apesar dos 26 anos, Manuel Friedrich (foto), que nunca havia vestido a camisa da seleção da Alemanha e atua no fraco Mainz 05. E ao seu lado, Löw deslocou da lateral direita Arne Friedrich.

Arne já atuou por várias vezes nessa posição por sua equipe, o Hertha Berlin, mas há muito tempo joga na lateral pelo selecionado alemão. Com a dupla de Friedrich's na zaga, a Alemanha em três partidas não levou nenhum gol, e continua intransponível.
As vitórias diante Suécia, Irlanda e San Marino fez com que a imprensa local começasse a dar mais valor aos dois atletas.

Jogos da Alemanha pelas Eliminatórias para a Euro

Confira os jogos da seleção alemã pelas Eliminatórias da Euro 2008:

02/09/06 Alemanha 1 x 0 Irlanda

06/09/06 San Marino 0 x 13 Alemanha

11/10/06 Eslováquia x Alemanha

15/11/06 Chipre x Alemanha

24/03/07 República Tcheca x Alemanha

02/06/07 Alemanha x San Marino

06/06/07 Alemanha x Eslováquia

08/09/07 País de Gales x Alemanha

13/10/07 Irlanda x Alemanha

17/10/07 Alemanha x República Tcheca

17/11/07 Alemanha x Chipre

21/11/07 Alemanha x Páis de Gales

Vira seis, acaba treze


Foi assim que a seleção da Alemanha fez na sua segunda partida pelas Eliminatórias para a Eurocopa 2008. Os alemães sabiam que não teriam muitas dificuldades contra a fraca seleção de San Marino, porém não contavam com tamanha facilidade e foram marcando gol atrás de gol. Ao final do primeiro tempo o placar já anotava 6 a 0 para os germânicos, fora o chocolate.

Na segunda etapa, o treinador alemão Joachim Löw fez várias alterações, tirando os principais jogadores do selecionado, como Michael Ballack e Miroslav Klose. Mesmo assim a Alemanha continuou impiedosa balançando as redes de San Marino por mais sete vezes.

O placar dilatado, de estrondosos 13 a 0, a favor dos alemães entra para a história das Eliminatórias como a maior goleada até hoje. Anteriormente o maior resultado obtido era o massacre da Espanha sobre Malta por 12 a 1, em 1983.

O grande nome do jogo foi o atacante Lukas Podolski autor de quatro gols, que assumiu a artilharia das Eliminatórias com cinco tentos (Podolski foi o autor do gol na vitória por 1 a 0 diante a Irlanda, na estréia da competição).

Além dos quatro gols de Podolski, marcaram para a Alemanha Klose (2), Schweinsteiger (2), Hitzlsperger (2), Ballack, Friedrich e Schneider.

Com a vitória a Alemanha assume a liderança do grupo D com seis pontos ganhos ao lado da República Tcheca, mas leva vantagem no saldo de gols.